Azul Cativante…

image

"Eu acho engraçado, o céu. Uma infinidade de pedidos à ele, uma infinidades de sorrisos à ele, olhar pro céu é a mesma coisa que olhar nos olhos de quem se ama, acalenta a alma e traz serenidade. Traz paz, é como um sorriso bonito, que mostra os dentes e até dá vontade de sorrir também. Assim como olhares e sorrisos, as pessoas buscam no céu, um sentimento, uma verdade e se decepcionam quando só encontram nuvens".

Porém, é possível encontrar muito mais que nuvens entre essa imensidão em suspensão e que apresenta um azul apaixonantemente, cativador. Se olhares com atenção, mesmo com nuvens, deve se ter a certeza de quê, o “Azul”, o “Sol” e toda a alegria que se pode sentir quando olhamos para ele, sempre está lá, mas escondido para que do seu jeito, você aprenda a observá-lo de outras maneiras e assim torna-se mais divertido e engraçado as diferentes maneiras que observamos uma única coisa, no caso, o Céu. 

- A.T


Texto 18/Janeiro | | Reblog this!
Amor Sincero…

Aquele dia chegou ao fim, como de naturalidade diária. Nós sentamos na grama, era uma tarde um tanto excepcional, digo, especial. Estava ventando, seus cabelos estavam ao vento, uma cena quase que de cinema. Eu, como de costume, olhei para você reparando em cada detalhe da sua expressão, estava feliz.

- O que foi? Disse ela.

Eu sorri ligeiramente, e disse:

- Nada, apenas admiro você, seu sorriso! 

Ela ficou um pouco vermelha e disse: 

- Sabe de uma coisa? Um amor que nasce assim, sincero, sem malícias, com carinho e cuidado. Dura mais, e cresce a cada dia… 

- …Sim, eu sei disso, aprendemos isso juntos não foi? 

Sorrimos juntos, como dois amigos. - Foi mesmo, temos um bocado de histórias, e coisas que fizemos juntos. Amizades como a nossa é difícil de se ver hoje em dia, o coração do homem se torna cada vez mais duro e xucro. Enquanto isso, nós aqui, rindo e cultivando tal dadiva.

"O mais puro amor, começa desta forma, sem malícias, sem preconceitos, com sinceridade e confiança… Talvez, o que era para ser um casal se tornou um casal, porém, de uma forma especial. Eles cooperam entre si e relacionam-se sim, mas destacam sua amizade. Não é necessário pensar adiante, se faz necessário curtir o momento e deixar que está amizade evolua e dure assim, muito tempo, o suficiente para dizer… Eu Te Amo. 


Texto 12/Outubro | | Reblog this!
I Have a Dream…

Lembro-me daquele dia, ao repousar minha cabeça sobre o travesseiro e com um mundo de palavras ao meu lado, adormeci. Em instantes me encontrei caminhando por um lugar estranho, de aparência fictícia, porém, conhecido. Dei alguns passos mais e luzes me cercaram, pude ver fleches e imagens por entre as luzes que dançavam em minha volta… Percebi que eram sonhos meus, aqueles que um dia deixei de acreditar e que ainda estavam vivos, mas não eram lembrados.

As lágrimas tocaram o meu rosto como chuva num dia de Verão, logo que dei mais alguns passos, outros sonhos foram surgindo e me envolvendo e mais e mais o lugar ia mudando sua aparência, querendo-me dizer algo ou tentando-me dar algo. 

Me intensifiquei a procurar e entender o que aquele lugar era, mas algo brilhando fracamente me chamou atenção em um canto daquele lugar. “O que será aquilo?” - pensei! Aproximei-me um pouco mais e com o olhar fito naquela luz de chama pequena, vi alguém que estava chorando, sentado no canto mais isolado, sozinho!

- Hey? Por que choras desta forma? Indaguei!

Nenhum resposta obtive, até que alguns minutos após o meu questionamento, escutei.

- Você entendeu por que não te disse nada quando me perguntou o por que estou chorando? Disse a luz, quase se esvaindo.

Parei para pensar por alguns segundos e então compreendi!

- Você é o meu melhor sonho, não é? Aquele que carreguei por muito tempo, e após perder a alegria na vida te deixei aqui, neste canto, perdendo seu Brilho e não sendo realizado.

A luz me olhou profundamente e em instantes seu brilho se intensificou tanto que pude ficar ofuscado com tanta luz.

- Você não me abandonou, apenas fez o que achava certo, e eu sempre estive aqui, esperando por você, até que hoje você está aqui, e tenho algo a lhe dizer. “Não abandone-me mais, eu faço parte de você,  sou o seu amor pela vida, o desejo que fará você viver, Eu sou Deus. E nunca irei te abandonar!

E de repente me encontrei em lágrimas ao lembrar de tudo e de como era bom quando estava ao lado Dele, e como uma criança eu fui envolvido pela luz, que me abraçou e me fez adormecer novamente.

Acordei, novamente repousado ao travesseiro, com um livro aberto dizendo: “I Have a Dream” e entendi que Ele tem um sonho para mim, mesmo eu, tendo fugido, me isolado, esquecido Dele. Ele me reconheceu, me alegrou e meu deu ânimo pela vida novamente.

- I Have a Dream…


Texto 29/Setembro | | Reblog this!
Primavera Gélida…

image

Tais flores nasceram, juntamente com o Sol elas brotaram, trazendo um belo perfume e exibindo-se por entre todos do jardim como se fossem as mais belas, e veja, elas são. E dia se dispõe por inteiro, deixando o brilho de uma estrela deixar seres como essas flores ainda mais belos, revelando o que há de melhor nelas.

Porém, algo veio a ser estranho, pequenos viscos de gelo surgiram, em meio a está primavera tão bela quantos as anteriores. O perfume foi suprimido e a beleza congelada por um frio inesperado que se espalhou tão ligeiramente que nada pode ser feito para evitar isso.

Desta forma, neste jardim tão distante e belo, o perfume foi guardado e a beleza conservada deixando os cristais de gelo tornaram este jardim o mais magnifico e atraente, com exceção de um detalhe. Já não a mais vida entre ele, por que esta, foi sufocada.  


Texto 22/Agosto | | Reblog this!
Escolhido por Ti…

Em um dia desses, normal, de sol brilhando forte, algumas nuvens pairando por entre a leve brisa, um som me fez chamar a atenção. Um som destes que se fica curioso para entender, algo parecido com uma voz, doce, serena e que transmitia amor aos que ouviam dela.

Em minha mente, parei para entender e decifrar o que aquilo, ou melhor quem estava falando comigo. Percebi que não era algo normal e nem todos a minha volta conseguiam ouvir, entendi que, somente eu havia sido agraciado com algo tão bom, a Sua Voz. 

Aos poucos fui entendendo o que me pedia, compreendi que deseja fazer parte da minha vida e que somente Ele tinha tal poder para fazer com que minha vida mudasse por completo. Então caminhei em Sua direção, a ponte que avistei era longa e coberta por uma névoa estranha, que encobria-a por completo. Dei alguns passos mais, e escutei:

- Venha, não tenha medo!

E assim, me perguntei: “Como não terei medo, não sei que está me chamando, só entendi que é algo bom, mesmo não tendo o visto”

Quando atravessei a neblina, e finalmente cheguei ao outro lado, deparei-me com algo extremamente “Lindo” pude ver uma luz como nunca havia visto. Senti-me abraçado e protegido, já não estava mais só em meio a este mundo, sabia que aquela presença estaria comigo para sempre, e então senti que ali havia sido escolhido, escolhido Por Ele, Jesus!


Texto 7/Julho | | Reblog this!
Semeie…

image

Em momentos em nossa vida necessitamos de uma certa ajuda, é quando somos designados para o que realmente precisa de nossa atenção e como um forte Trovão, o notícia vem sobre nós… E muitas vezes por  não estarmos preparados a colocar as mãos no arado e começarmos a semear nos sentimos desprotegidos e inexperientes para tal função…

Daí paramos para pensar nesse momento…

 - Será mesmo que nós merecemos tal obra? Ou talvez que desconfiemos da nossa própria capacidade?

- Ou nem mesmo nós a reconhecemos diante nossos olhos?

Uma coisa é certo, se analisarmos nossas ações no dia-a-dia é fácil descobrir isso, o seu modo de agir lhe dirá que estás preparado e que o seu Senhor te quer com as mãos no arado e sempre disposto a semear.

E agora você deve estar a pensar?

Caminhe, tire seus sapatos e sinta a terra que te espera. É essa terra que necessita de nossa atenção. Se Ele nos escolheu, quem dirá algo contra nós, pois debaixo da guarda, está aqueles que foram escolhidos para realizar sua obra.

Vá agora, prepare-se… Conheça sua terra e quando for a hora, esteja pronto a lançar a semente. Semeie.


Texto 22/Abril | | Reblog this!
Naquele Dia…

image

Por que por mais que eu esteja sonhando com tudo isso, e sei que quando acontecer vai ser lindo, quando eu olho nos seus olhos eu já vejo esse momento acontecer dentro de mim, mas ainda quero poder senti-lo e presenciá-lo… Por tempos pelos quais estamos passando talvez não seja tão bom pensar em algo assim ou nem mesmo sonhar, mas o que me motiva é que estarei lá, ao seu lado. E poderei declarar-me a você e enfim estaremos unidos… Em um só!

 Os sonhos veem e vão, alguns eu guardo comigo, farei questão de realizá-los ao seu lado, pois quando olho para o céu, me veem lembranças nossas, de quando estou com você e o que faz meu amor aumentar ainda mais é esse seu olhar meigo de quando quer me conquistar e deixa-me sem graça com um lindo sorriso… Naquele dia eu sei que o brilho do sol te deixará ainda mais linda como em uma leve brisa da tarde seus cabelos irão dançar e em minha direção você estará caminhando e eu com o olhar envolto de lágrimas, estarei mais feliz do que qualquer outro homem e quando tiver você perto de mim então direi: 

 - Somos um! 


Texto 21/Abril | | Reblog this!
Caminhar a Dois…

image

Ao que se parece, caminhar junto não é simplesmente dar as mãos para seu companheiro(a) e com um simples passo iniciar a caminhada… Caminhar realmente junto à alguém, exige uma dedicação descomunal, talvez por que querer o bem daquele que está ao seu lado é uma das coisas mais importantes a se pensar em fazer, ou simplesmente não pensar e sim realizar-se o ato de proteção.

E se alguém pensa que namoro e qualquer relacionamento seja diferente um dos outros engana-se, pois os pontos mais importantes, devem existir em todos os relacionamentos, tais quais são Amizade, Carinho, Amor, Proteção, Dedicação… E esses sim são os passos principais de se caminhar a dois, mas o meu ver ainda falta algo extremamente importante, uma terceira pessoa que nós mantém firmes em nossos relacionamentos… Esse é Deus.

E digo que sem ele, não estaria aqui a lhes escrever, e é por Ele e por ela que digo isso, a minha caminhada é abençoada e dirigida pelo nosso Senhor. E é tão ter eles comigo que eu consegue “Caminhar a Dois”…


Texto 2/Abril | 1 | Reblog this!
Liberte-se…

image

Despertar-se num mundo assim, faz de você prisioneiro de seus atos. Suas escolhas o condenam a permanecer cativo calado… Morto!

 

Mudar-te-ão suas escolhas, quando você optar por mudá-las, renunciar a si mesmo em prol de alguém é escolher ser verdadeiro, transparente serás se deixar que as correntes que mantém suas palavras presas, sejam quebradas por sua força. A qual faz de você ser humano, e como tal deves agir e pensar diferente dos outros.

 

Libertar-se e voar sem destino, torna-nos capazes de viver inúmeras aventuras, fazer deste mundo condecorado de prisão, um mundo seu, que precisa da força que a em Ti… 

 

“Mudar, evoluir e fazer suas escolhas um dia o tornarão conhecido por elas, assim foi com os que já se foram e se você quiser, poderá ser com você também” - Grite!


Texto 4/Fevereiro | | Reblog this!
Diários…

image

Páginas em branco, quando as olho, penso em preenchê-las, de qualquer coisa ou nada talvez, de lágrima ou sorrisos outra vez. A perspectiva acena, encanta quem ainda a procura, fascina quem não conhece e preenche quem a deslumbra. Mas tinta assim não há nas minhas páginas, há com certeza “vida”, e sim sonhos que tornam a história mais interessante ao leitor. 

 

Naqueles livros encontrei consolo e atenção, mas talvez e tão somente eles não fossem livros, mas sim diários meus, aos quais eu nunca escrevi e mesmo assim eles existem. Percebi que podia viajar a lugares magníficos, e relembrar coisas já escritas e ditas por mim mesmo, amigos encontrei nestes diários, derivados meus de personalidade própria e um pouco domadora. Seres que remetem meu passado e mostram à vida a diante sem mudar o presente.

 

Diários meus que já não existem e persistem em permanecer aqui, dentro de mim, com palavras confortantes e que me provocam a escrever mais delas e assim conhecer a cada personagem meu, um “Eu” que não sabia que existia.


Texto 24/Dezembro | | Reblog this!